Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims
  • Romeiros~Pilgrims

ROMEIROS~PILGRIMS

ROMEIROS~PILGRIMS is a contemporary look on the people making Alto Minho a permanent place for party. A deep involvement during a few years was needed to achieve the full understanding of social modifications Minho is going through in the beginning of this new century. A romance made of photos, written with an ironic and colourful tone, showing us the age-old traditions in contact with the future, a strong debate between the profane and the sacred.

ROMEIROS~PILGRIMS é um olhar contemporâneo sobre as pessoas que fazem do Alto Minho uma grande e permanente festa. Foi necessário um envolvimento profundo, de vários anos, para conseguir uma compreensão plena das alterações sociais que a região está a enfrentar neste início de século. Um romance em imagens, escrito com um olhar irónico e colorido que nos mostra as velhas tradições em contacto com o futuro, num debate muito aceso e assente no confronto entre o profano e o sagrado.